Carnaval 2024: Salgueiro resgata história do povo Yanomami (Foto: Divulgação)

O Salgueiro será a terceira escola a desfilar no domingo de carnaval, 11 de fevereiro, na Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro. Com o enredo intitulado “Hutukara”, traz como mensagem central a defesa dos povos originários por meio da mitologia Yanomami. Na língua Yanomami, “hutukara” significa “o céu originou a partir do qual se formou a terra”.

> Siga o Virgula no Instagram! Clique e fique por dentro do melhor do Entretê!

O enredo é uma homenagem ao povo Yanomami, uma das comunidades indígenas mais emblemáticas e resilientes do Brasil. A escola de samba carioca escolheu destacar as contribuições significativas dos Yanomamis para a história e cultura do país, reconhecendo a riqueza de sua herança e a importância de preservar suas tradições.

Segundo o especialista em Gestão de Teorias Educacionais e coordenador pedagógico da Conquista Solução Educacional, Ivo Erthal, os Yanomamis, antes de tudo, destacam-se pela resistência e sobrevivência frente ao avanço das ocupações da agropecuária que promovem o desmatamento. “Esses povos são retratados como guardiões da biodiversidade presente na região amazônica. A preservação desse povo está diretamente relacionada à sobrevivência da floresta e seu ecossistema”, ressalta.


int(1)

Carnaval 2024: Salgueiro resgata história do povo Yanomami